PRESOS FAZEM NOVA REBELIÃO NA CADEIA PÚBLICA DE BARREIRAS

154_opt





Na noite deste domingo, 02, por volta das 20h 30, houve rebelião de presos no Complexo Policial do bairro Aratu. Os detentos supostamente planejavam uma fuga em massa.
Os delegados e agentes de plantão solicitaram reforço da policia militar, que enviou policiais do Ceto/Pelopes e outras guarnições para fazerem revista nas celas e controlarem o tumulto.
Os detentos iniciaram o motim com muita gritaria e batendo contra as grades das celas, causando danos em todas elas. Segundo informações policiais, os cadeados também foram quebrados. A agitação foi totalmente controlada por volta das 21 h 00.
Enquanto a polícia fazia a revista nas celas, os detentos foram colocados numa área livre, próxima ao setor de carceragem. Nesta segunda-feira, 03, agentes e delegados deverão realizar mais uma operação “pente fino” para verificar se houve o uso de pedaços de ferro, serras e outros objetos durante o “quebra-quebra” na cadeia.
Os detentos reclamam principalmente do tratamento degradante e desumano que recebem na unidade prisional, a qual depois da última reforma deixou de oferecer espaço para o “banho de sol”, praticas de atividades físicas ou lazer e está superlotada. Por fim, as instalações violam totalmente os direitos humanos e inviabilizam a adoção de políticas que promovam a ressocialização dos encarcerados.
Em Audiência Pública na Câmara Municipal de Barreiras no mês de dezembro de 2013, o Secretário de Administração Penitenciária e Ressocialização , Nestor Duarte, fez o compromisso de construir em Barreiras por método modular, ainda no primeiro semestre de 2014 um presídio com capacidade para cerca de 500 presos.

www.fernandopop.com - Fonte: Blog Alô Alô Salomão
Reações:

0 comentários: