SÃO DESIDÉRIO: GERENTE DE FAZENDA É ASSASSINADO NO POVOADO DE MORRÃO

Image00008
Um gerente de fazenda de 44 anos foi assassinado a golpes de ‘enxadeta’ e faca, quando ia para o trabalho na manhã deste domingo, 09, no povoado de Morrão, município de São Desidério. Populares encontraram Reginaldo Alves dos Santos, natural de Baianópolis, apelidado de Régis, sem sinais de vida, ao lado de sua moto Honda CG 150. Estava com profunda lesão na cabeça, três perfurações do lado esquerdo do peito e hematomas no pescoço.
Image00009
As armas supostamente usadas na execução foram encontradas perto do corpo. Sua esposa Audina Maria dos Santos, 58 anos conhecida por ‘Dina’ declarou que Reginaldo saiu de casa por volta das 07 h 00 com a finalidade de apartar e pesar algumas ovelhas para comercialização, na fazenda Santa Rosa, de propriedade do casal, Karen Fernanda Machado e Frederico Machado, localizada há menos de um quilômetro de onde morava. Minutos depois, recebeu a notícia do assassinato.
Image00010
Ela suspeita que o crime tenha sido praticado por um rapaz conhecido por ‘Preto’, filho do seu Lira, motivado por uma briga causada por um quebra – mola construído por eles, e destruído por Régis neste sábado, 08. “Os dois prometeram matar meu marido, e hoje pela manhã, depois de cumprir a promessa, ele passou na casa da própria tia, dona ‘Zinha”, e avisou que tinha acabado de matar o Régis, revelou a viúva. A Polícia Militar de São Desidério esteve na residência do suspeito, porém não o encontrou.
Image00011
Um amigo da vítima de nome Vanderley Ferreira dos Santos alega que colocou as ovelhas no curral e ficou aguardando a chegada de Reginaldo, o qual, segundo ele, foi morto antes de separar e realizar a pesagem dos animais. “Trabalhei com ele durante muito tempo e saí do emprego por motivo de doença, mas tínhamos grande amizade”, observou.
Image00012
Reginaldo nasceu no povoado de Mozondó, município de Baianópolis, tinha 20 anos de casado com a senhora Audina, com quem possuía uma filha de 18 anos, a estudante Sandra Maria dos Santos. Há nove anos ocupava o cargo de gerente da fazenda Santa Rosa.
Uma equipe de perícia do DPT regional de Barreiras removeu o corpo da vítima para realização de exame médico legal. Segundo o delegado Carlos Cruz Ferro, este é o 1º caso de homicídio no município de São Desidério em 2014.

www.fernandopop.com - Fonte: Alo Alo Salomão
Reações:

0 comentários: