CAPTAR- EFICIÊNCIA E TECNOLOGIA INCREMENTANDO A ECONOMIA DA REGIÃO OESTE


O Diretor Geral da ADAB visitou o Projeto Modelo de confinamento da CAPTAR- Agrobusiness, no Município de Luís Eduardo Magalhães, o maior complexo de confinamento e engorda de bovinos do Norte e Nordeste do País, e o mais tecnificado da Bahia.

Com capacidade para 100.000 animais em engorda e confinamento a empresa mantém hoje em seu plantel 40.000 bois em confinamento. A Captar, de propriedade do empresário Almir Moraes, tem área de 200 hectares. O complexo é composto por uma fábrica de adubos orgânicos e uma fábrica de ração animal. Um cuidado especial é reservado na alimentação do rebanho confinado, com dieta balanceada e rica em proteínas garantindo o suporte necessário para engordar os animais de forma saudável.


 Oziel Oliveira verificou in loco o processo de rastreabilidade e sanidade dos animais.

Mas o mais importante assunto tratado entre o Diretor Geral e o Proprietário Almir Moraes, foi o novo projeto do Grupo que é a fabrica de ração para atender a Bahia, e, principalmente a região do Vale do são Francisco.

“A CAPTAR dará uma contribuição importante na melhoria das condições dos animais na época da seca, ajudando pequenos e médios produtores a ter comida de qualidade para os animais num preço mais acessível.” Comemorou Oziel Oliveira.

“Fortaleceremos assim a cadeia de produção de bezerros e pretendemos desenvolver junto à secretaria da agricultura e a SDR a articulação de disseminação de tecnologia, seja na melhoria da genética ou na produção de suplementação alimentar principalmente na época da seca.” Destacou Almir Moraes.


Oziel se comprometeu em promover a articulação entre o Governo e a Empresa para que o Projeto se viabilize o mais rápido possível e ressaltou a importância da chegada da EMBRAPA PECUÁRIA na Região Oeste, uma solicitação sua ainda como Deputado Federal e, que agora está se viabilizando com o trabalho do Governador Rui Costa, através da Secretaria de Agricultura do Estado, em parceria com o Ministério da Agricultura, FAEB e Produtores da Região.

 “A presença e o trabalho da EMBRAPA elevará a melhoria genética do rebanho baiano. Precisamos grande oferta de qualidade de animais no vale para aumentar a capacidade de confinamento e consequentemente o potencial de abate para geração de renda aos criadores e a oferta de empregos, fortalecendo a economia regional.” Coloca Oziel Oliveira.

Acompanhado dos técnicos da CAPTAR e de Almir Moraes, Oziel Oliveira percorreu as instalações do complexo, constatando o esforço da Empresa em fazer o melhor na produção de carnes para o país.



www.fernandopop.com - Fonte: Rádio Cidade
Reações:

0 comentários: