CAMINHONEIROS CORREM PERIGO NO OESTE DA BAHIA


No oeste da Bahia quem transita pelas rodovias federais está correndo perigo. É o caso dos caminhoneiros que fazem o escoamento agrícola da região. Vejam alguns exemplos:

Na tarde da ultima sexta-feira (20), três caminhoneiros foram atacados e dominados, ao mesmo tempo na BR-135, próximo a Riachão das Neves (BA), por uma quadrilha composta por cinco homens armados a bordo de um Ford Fiesta Preto. Os três caminhoneiros ficaram reféns dentro de um matagal, das 18h do dia do assalto, até às 12h do dia seguinte. As caminhões carregados com diversos produtos de supermercado, foram roubados. Ageu Dias da Silva, 23 anos, Jozias Macedo de Carvalho, 30 anos e Iglecio Ribeiro de Oliveira, 38 anos, registraram queixa na policia, mas ainda não tem pistas dos veículos.

Na madrugada deste sábado, dois caminhoneiros foram assaltados quando repousavam no estacionamento do Posto Trevo, as margens da BR-242, a 40 quilômetros de Barreiras, sentido Salvador. As vítimas foram imobilizadas e levadas junto com suas carretas adiante do posto, aproximadamente 10 quilômetros, onde no meio do mato ficaram reféns dos criminosos.


Os quadrilheiros roubaram todos os pneus de uma das carretas. O caminhoneiro Denir Dias Lima, 60 anos, há 40 na profissão, ficou amarrado dentro da carreta, enquanto os 16 pneus do veículo eram roubados. Já da carreta guiada por seu colega de empresa, os ladrões, não se sabe por que, roubaram somente quatro pneus.

O prejuízo para a transportadora G10 de Maringá, está estimado em mais de R$50 mil. Para o caminhoneiro Denir, também sobraram prejuízos, já que seus pertences e R$1 mil foram roubados.

No dia 14 (sábado), uma carreta carregada de leite em pó, que partiu de Arroio (RS) com destino a Sousa (PB), foi tomada de roubo por assaltantes, na BR-242,  no Povoado do Javí. O motorista Flávio Antonio Nobre, 49 anos, tinha estacionado no pátio de um posto, às próximo às 21h, quando foi por volta das 23h30 foi abordado, rendido e colocado em outro veículo, e levado para uma casa abandonada onde passou a noite refém. Às 6h do dia seguinte, foi libertado na BR-135, distante do local do assalto.

No mesmo dia, um pouco mais cedo, por volta das 19h30, o caminhoneiro Etiene Martins dos Santos, 46 anos, foi assaltado na BR-242, ”Serra do Saco” e teve seu caminhão carregado de bebidas alcoólicas roubado. O caminhoneiro foi colocado no bagageiro de um carro, sendo liberado só às 4h do dia seguinte, nas proximidades do ponto do queijo, distante do local do roubo.


Uma semana antes, dia 8 (domingo), no início da tarde, por volta das 13h30, o caminhoneiro Ubiratan Mascarenhas Silva, 35 anos, foi assaltado na ”Serra do Saco”, tendo seu caminhão carregado com melancias roubado. Os criminosos atiraram muitas vezes contra o caminhão. Um tiro acertou de raspão o caminhoneiro, quando ele tentou correr, mas caiu e ficou refém dos criminosos durante horas. Ao amanhecer, por volta das 8h, Ubiratan foi liberado.

A polícia conseguiu recuperar, já vazia, a carreta que transportava leite e recuperou também, já vazio, o caminhão que transportava bebidas. Os demais casos estão sob investigações da polícia civil.




www.fernandopop.com - Fonte - Por: Rb.am
Reações:

0 comentários: