POLÍCIA CIVIL PRENDE ACUSADOS DE SEQUESTRO RELÂMPAGO

20151113163226_opt
Um bando acusado de sequestro relâmpago e associação criminosa foi desarticulado pela equipe de policiais civis da 1ª Delegacia de Barreiras durante Operação que durou quatro dias, realizada a partir de terça-feira, 10/11/2015. A ação foi concluída com a prisão de três pessoas, apresentadas à imprensa local na manhã desta sexta-feira, 13, pelo delegado titular Joaquim Rodrigues e sua equipe de investigação.
DSCF3083_opt
Segundo o delegado, as prisões aconteceram após denúncia do sequestro da comerciante Alair Matutino de Freitas e um intenso trabalho de investigação. “Nós passamos a monitorar o principal suspeito, através das compras que ele fazia usando o cartão de crédito da vítima nas lojas de Barreiras”, ressaltou o delegado.
DSCF3078_opt
Conforme Rodrigues, imagens de câmeras de segurança foram determinantes para a investigação chegar até Deybison Henrique Nascimento Bezerra, de 22 anos, natural de Barreiras e sua companheira de convívio Ruth Serrano dos Santos, 19 anos, presos com o carro da vítima e parte da mercadoria roubada. “Ruth tentou fugir durante a abordagem, mas foi alcançada e detida por nossa equipe”.
A fotógrafa Luanna de Oliveira Nascimento Andrade, de 21 anos, guardava grande quantidade da mercadoria roubada em sua residência, na Rua Folk Rocha, bairro Sandra Regina. “Apesar desta moça ter negado envolvimento com o crime, Deybison afirmou a cumplicidade dela ao mencionar que produtos roubados tinham sido guardados em sua casa. Depois disso, ela terminou entregando tudo”, esclareceu.
Surpresa
Outra vítima do mesmo sequestrador, a senhora Eliani Maria Magalhães, de 51 anos, apareceu na delegacia para registrar queixa no momento em que o delegado concluía o interrogatório dos acusados. Contou que foi rendida por Deybison, no instante em que entrava no seu automóvel em frente à loja Le Biscuit. Teve R$ 400 roubados, um aparelho celular, cartão de crédito e senha. O delegado conta que esta senhora ficou surpresa ao chegar na delegacia, tendo em vista que se deparou com o homem que lhe sequestrou. “Ele rodou comigo uns quarenta minutos e me deixou perto do Centro de Abastecimento”, comentou.
Sequestro
Alair foi surpreendida por Deybison no interior do seu veículo Fox, cor branca, nas proximidades das lojas Americanas, no centro da cidade, por volta das 17h 30 de terça-feira, 10. Ele a obrigou passar para o banco do passageiro e assumiu a direção, seguindo em direção ao bairro Vila Nova, depois para o sentido Brasília e por volta das 20h 00 retornou para o centro da cidade e abandonou a vítima nas proximidades do Batalhão Escola da Polícia Militar, indo em direção ao bairro Morada da Lua.
Ele roubou o veículo com aproximadamente R$ 20 mil em joias, um aparelho celular e um cartão de crédito do banco Santander. “Dona Alair me contou que teve chance de fugir, quando foi deixada no carro pelo sequestrador, no momento em o mesmo entrou no banco, mas pelo intenso sofrimento que já tinha passado, não teve forças de correr”, finalizou o delegado.



www.fernandopop.com - Fonte - Alô Alô Salomão
Reações:

0 comentários: