CAMINHONETE QUE BATEU ENTRE DF E GO LEVAVA NOVE PESSOAS, DIZ PRF


A caminhonete que colidiu com um ônibus na manhã desta quarta-feira (30) na BR-020 em Formosa, a 80 km de Brasília, e deixou seis mortos levava mais passageiros do que o permitido. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, havia nove pessoas dentro do veículo, que deveria levar apenas cinco. Havia pessoas até na carroceria destampada do carro no momento da batida, segundo a corporação.

O acidente ocorreu por volta das 8h da manhã. Três mulheres e dois homens, que estavam dentro da caminhonete, morreram na hora. Uma criança, um adolescente, um homem e uma mulher foram socorridos e encaminhados a unidades de saúde da região.

Inicialmente, foi informado que uma mulher grávida havia morrido no mesmo acidente. Segundo o Corpo de Bombeiros, ela estava em um carro envolvido em outra colisão na mesma via e que foi levada ao Hospital de Formosa. A gestante não resistiu aos ferimentos e morreu no centro médico.
O ônibus envolvido na colisão levava funcionários para começar o expediente em uma fábrica de sementes. Havia 42 pessoas dentro do veículo. O impacto da batida destruiu o bagageiro, e uma das passageiras teve ferimentos leves. Ela e o motorista do ônibus foram levados para o hospital.
 

De acordo com a PRF, a visibilidade na pista estava comprometida por causa da neblina. Segundo o agente Dirceu Mourthe, a caminhonete também seguia em alta velocidade, em direção a Brasilia. Até a publicação desta reportagem, a corporação ainda apurava se os documentos do motorista e do veículo estavam em dia.

A BR-020 ficou parcialmente fechada por meia hora. Uma perícia foi realizada para apontar os detalhes da batida. Todos os veículos foram retirados do local por volta das 12h20.

A Syngenta, contratante do ônibus e responsável pelos funcionários que eram transportados, disse lamentar o ocorrido e disse prestar suporte à Polícia Rodoviária Federal com todas as informações necessárias. (


www.fernandopop.com - Fonte -  G1
Reações:

0 comentários: