OAB-BA SUSPENDE ADVOGADO QUE CHAMOU COLEGA DE ”CACHORRA” DURANTE AUDIÊNCIA

Marconi de Souza chamou colega de ''cachorra''. Foto: Reprodução
Marconi chamou colega de ”cachorra”. Foto: Reprodução
O Tribunal de Ética e Disciplina (TED) da seccional baiana da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-BA) suspendeu preventivamente, na tarde desta segunda-feira (30), o advogado Marconi de Souza Reis por 90 dias. Marconi Reis durante uma audiência de conciliação agrediu verbalmente uma advogada que atuava como conciliadora, chamando-a de ”cachorra” por causa da roupa que vestia. O caso aconteceu em outubro deste ano no juizado cível de Lauro de Freitas, região metropolitana de Salvador e motivou a abertura de um processo administrativo. Durante sessão no dia 27 de outubro, Marconi disparou contra a advogada Louise Lima de Andrade: ”repare, dali eu estava vendo sua calcinha. Da próxima vez, venha com uma roupa mais composta. Cachorra”. Na ocasião, a OAB-BA repudiou a agressão e abiu processo contra o advogado. Em nota, a presidente da Comissão de Proteção aos Direitos da Mulher, Andrea Marques Silva, afirmou ser inadmissível que a mulher ainda sofra censura moral e agressão verbal em razão das roupas que veste. ”O episódio, que teve como autor um advogado, revela as dificuldades que as mulheres enfrentam no desempenho das suas funções profissionais, no pleno direito de sua cidadania e da sua liberdade”, disse. 



www.fernandopop.com - Fonte  - Bocão News
Reações:

0 comentários: