DR LEONARDO ALMEIDA FALA COMO VAI SER A LINHA DE INVESTIGAÇÃO PARA ELUCIDAR O CRIME DO GAROTO EM CRISTÓPOLIS





Dr. Leonardo: Não sabemos ainda, pelo estado de decomposição do corpo, qual foi o "modus operandis", se ele foi alvejado por armada de fogo, por facada ou pancada na cabeça, mas, a perícia técnica vai dizer isso em no máximo 24 horas, tenho certeza disso, pela competência dos peritos que trabalham no departamento de polícia técnica da cidade de Barreiras. Aí eles vão dá mais uma prova, agora científica, qual foi o modus operandis usado para ceifar a vida do menor. Foram apreendidos no local alguns objetos, que a meu ver estão correlacionados ao homicídio, ou com o latrocínio, que também serão periciados e que também nos darão sustentação técnica para chegarmos aos autores.

FV  -Mais um crime elucidado em Cristópolis?

Dr. Leonardo -Existe a prisão de um e a apreensão de três menores suspeitos de terem cometidos o crime. Ainda é prematuro afirmar que essas pessoas que aqui estão são os autores. A gente vai investigar para ter um pouco mais de provas concretas em nossas mãos e aí sim, dizer à sociedade de Cristópolis quem foi que praticou esse bárbaro crime.

FV - Qual a linha de investigação?
Dr. Leoanardo: As linhas são diversas, apesar da vítima de pouca idade a gente tem ciência que a vítima tem envolvimento com pequenos furtos e uso de entorpecente s, a gente só não sabe qual desses motivos levou alguém a ceifar a vida dele.

Caso se confirme a participação dos menores no crime, quais seriam as penalidades?

Dr. Leonardo: Em primeiro momento eles estão apreendidos por serem suspeitos, não tem nada de concreto na mão, isso é muito relativo eu não posso afirmar qual seria uma pena, porque se trata de menores, mas o ministério público vai tomar ciência do fato amanhã de manhã, até porque é o órgão responsável por atos infracionais praticados por menores, se conseguirmos provar que esses menores estão envolvidos seja direta ou indiretamente eles vão ser custodiados em um local apropriado por 45 dias, que é o período que o juiz vai instruir o auto de infração e aí sim, depois disso, eles sofreriam medidas sócias educativas num período máximo de três anos, é o que determina o estatuto da criança e do adolescente.

FV - O fato de Cristópolis não ter um delegado titular, tendo o senhor de se deslocar da cidade de Luiz Eduardo Magalhães, tem dificultado o trabalho da polícia aqui na cidade?

Dr. Leonardo: Com certeza, a gente não pode negar isso, mas o problema é estrutural da polícia civil, com relação ao baixo número de delegados existentes no quadro hoje. A minha esperança é que acabou de se formar uma turma de novos colegas, segundo o governador, ainda esse mês e eles tomarão posse e serão distribuídos pelo interior da Bahia, tenho certeza que não é a solução em definitivo, o quadro está defasado, mas já é uma grande ajuda para que a gente possa ter força de trabalho nova chegando, mais gás, pessoas comprometidas, pessoas que passaram por uma academia extremamente robusta e que preenche todos os requisitos, que se forme um bom delegado e tenho certeza que nem só Cristópolis mais todas as cidades da região terão um delegado titular e fixo.


reportagem:flavio vasco
Reações:

0 comentários: