IRMÃOS SÃO PRESOS POR ABUSO SEXUAL DE MENINAS DE 10, 11 E 13 ANOS NA BAHIA


Um homem foi preso nesta sexta-feira (29) no município de Teixeira de Freitas, na região sul da Bahia, por suspeita de estuprar três meninas de 10, 11 e 13 anos. A irmã do suspeito, que teria aliciado as vítimas, também foi presa por corrupção de menor. Em depoimento, as crianças alegaram que já tinham sido alvos de abusos em outras ocasiões. 


Apesar de ter denunciado o caso ao Conselho Tutelar da cidade, a mãe das meninas também é investigada pela polícia por suspeita de estar sendo conivente com os abusos em troca de dinheiro. 


A polícia levantou essa possibilidade depois de ouvir o depoimento das crianças, que afirmaram que após as relações, sempre levavam dinheiro para casa e entregavam à mãe. De acordo com a delegada Andressa Carvalho, da Delegacia Especializada em Atendimento a Mulher (DEAM), que investiga o caso, as crianças moram com os pais em um casa na zona rural do município, perto do distrito de Santo Antônio, às margens da BR-101. 

A mãe, que está desempregada, fica em casa cuidando das crianças, enquanto o pai trabalha com capinagem e colheta de café. Nesta semana, duas das crianças - as garotas de 10 e 11 anos - teriam sido levadas pela irmã do suspeito de estupro para a casa dele, localizada no bairro Colina Verde. Segundo a delegada, no local, uma delas foi abusada. Em depoimento, a menina de 11 anos afirmou que foi obrigada a tomar cachaça antes de ter relação sexual com o homem. A mãe das crianças disse à polícia que não viu o momento em que as meninas saíram de casa com a suspeita.

Após o ato sexual, os suspeitos teriam dado R$ 20 para as vítimas. De acordo c om a delegada, a menina de 10 anos não foi abusada desta vez, mas também já teria sido vítima dos mesmos suspeitos em outra ocasião, junto com as irmãs de 11 e 13 anos.

"Tudo partiu depois dessa denúncia da própria mãe. Ela disse que os suspeitos teriam levado as meninas de casa sem o seu consentimento e que isso já havia ocorrido outras duas vezes. Após a denúncia, a polícia foi atrás e encontrou as vítimas na casa dos suspeitos", disse a delegada. Segundo a polícia, as meninas alegaram que levavam dinheiro para casa e a mãe não questionava a procedência.

"Elas também teriam sido abusadas por outros quatro homens em outra ocasião, um deles seria o dono de um bar que está sendo procurado para ser intimado. As crianças alegaram que sempre ganhavam R$ 10 ou R$ 20 após as relações sexuais. As meninas dizem que levavam o dinheiro para casa e que a mãe nunca perguntava de onde tinha surgido. A mãe, no entanto, negou. Disse que não aconteceu isso e que a única vez que as meninas chegaram em casa com dinheiro foi depois de terem feito um trabalho para uma vizinha", destacou.

Os irmãos suspeitos do abuso foram autuados em flagrante e encaminhados ao presidio de Teixeira de Freitas. Ainda segundo a delegada, exames médicos foram realizados nas meninas, e os laudos poderão confirmar os abusos. As três vítimas foram encaminhadas para acompanhamento psicossocial.

G1
Reações:

0 comentários: