CATADORA DE MATERIAL RECICLÁVEL MORRE ATROPELADA NO BELA VISTA EM BARREIRAS


O atropelamento aconteceu por volta das 15h 00 desta segunda-feira, 14, na Rua Paulinho Coité, imediações da Câmara Municipal de Vereadores. A catadora de materiais recicláveis, conhecida apenas pelo prenome de Luciana, de acordo com informações de moradores do local, foi atropelada provavelmente por um Voyage de dados ignorados.

Ninguém se apresentou como testemunha ocular do acidente, mas diversas pessoas dizem que ouviram o barulho provocado pela colisão do carro de passeio contra o carrinho de coleta da vítima, e já a encontraram em óbito.   O carrinho parou a aproximadamente 50 metros do corpo com a lateral esquerda amassada. Cobriram a vítima com pedaço de lona e dois guarda-chuvas.


Equipes do SAMU, COOTRANS, Polícia Militar e Polícia Técnica estiveram no local. O perito Orlando Ladeia examinou a área do fato e o cadáver, que em seguida foi encaminhado para o IML do bairro Aratu, onde será submetido a exame de necropsia.

De acordo com agentes do DPT, Luciana morava sozinha, na Rua Ayrton Senna, bairro Santa Luzia e possuía uma filha adotiva conhecida por Maria Francisca, a qual mora em Brasília/DF. “Uma senhora, que alegou ser vizinha dela, prometeu trazer os seus documentos e forneceu informações dessa filha”, declarou um funcionário da Polícia Técnica.


Diversas pessoas reivindicaram a instalação de redutores de velocidade na rua do acidente, onde informaram que é comum o tráfego de veículos em alta velocidade.




www.fernandopop.com - Fonte - Alô Alô Salomão
Reações:

0 comentários: