LULA CHORA E SE OFERECE E DIZ QUE PODE SER CANDIDATO A PRESIDENTE DA REPÚBLICA


Em discurso emocionado para centenas de apoiadores, no centro de São Paulo na noite desta sexta-feira, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que encarou como uma "ofensa pessoal" a condução coercitiva realizada pela Polícia Federal em sua residência, em São Bernardo do Campo. "Foi um desrespeito a alguém que dedicou a vida a esse País", disse Lula, no palco da Quadra dos Bancários. O ex-presidente afirmou também que o que viu hoje foi um show de pirotecnia. 

O ex-presidente disse estar disposto a disputar mais uma vez a presidência da República pelo Partido dos Trabalhadores. "Eu estava quieto no meu canto, na expectativa de que vocês escolhessem alguém para disputar 2018. Cutucaram o cão com vara curta. Portanto, eu quero me oferecer a vocês. Esse jovem de 70 anos de idade, mas com o tesão de um jovem de 30, com um corpo de atleta de 20. Eu me ofereço a vocês, não tenho preguiça de acordar cedo". 
Reações:

0 comentários: