BANDIDO É MORTO EM TROCA DE TIROS E QUADRILHA ACUSADA DE ROUBOS EM LOJAS DE BARREIRAS E SÃO DESIDÉRIO ESTÁ DESARTICULADA PELA PM


Em auto de resistência a prisão, policiais militares de Barreiras/BA, o assaltante Adalberto Ribeiro Lélis, vulgo “Betinho”, 20 anos. O fato aconteceu na Rua São Marcos, bairro Novo Horizonte, em Barreiras/ BA, ao final da tarde desta segunda-feira, 11.

De acordo com o Capitão Cristiano Gama, comandante da 2ª Cia/PM, a operação desencadeou a partir de um alerta recebido pela Central de Operações sobre a fuga, em direção a Barreiras, de elementos que tinham roubado a loja Dantas de São Desidério. O envio de imagens de vídeo da ação criminosa ajudou na localização dos suspeitos.

Revelou ainda que, numa ação integrada das Companhias/PM, RONDESP e PETO foi iniciado rastreamento das possíveis rotas de fuga, resultando nas prisões dos primeiros suspeitos, no povoado de Conquista, perto da Prainha (Rio de Ondas). “Com a detenção desses, conseguimos localizar os endereços dos demais”, destacou.

Troca de tiros

O assaltante morto tentou fugir saltando um muro e atirou contra a guarnição durante a batida policial em sua residência, provocando um revide à injusta agressão. Ele foi atingido com tiros no peito e abdômen, morrendo no quintal de uma casa vizinha. O mesmo portava uma pistola ponto-40.


Os trabalhos de buscas terminaram com um menor de 17 anos apreendido e mais quatro elementos presos: Willian Firmino dos Santos, 24 anos; Leilton Dias Machado, 22 anos; Cassio Rocha Marcelino, 23 anos e Matheus dos Santos de Lins, 20 anos. Os policiais descobriram que os produtos roubados eram vendidos a um comerciante de prenome Rodrigo, na Avenida José Bonifácio.


Com os acusados foram apreendidas 105 gramas de crack, porções de maconha, uma balança de precisão, nove projéteis intactos de calibre ponto-40, produtos usados para refinar drogas, uma prensa, vários aparelhos e carregadores de celulares roubados, uma vasilha plástica com mudas de maconha, além de uma carteira de identidade forjada, com a foto de Betinho e dados pessoais de seu irmão.


Betinho era acusado de assassinar a engenheira Érica Medrado Ferreira, morta no mês de abril de 2014, em Irecê/BA, onde foi preso, mas terminou fugindo da cadeia. O crime foi caracterizado por latrocínio, (roubo seguido de morte). Ele era sobrinho do ex-prefeito daquele município, Beto Lélis.

Em Barreiras, a PM conseguiu confirmar sua participação em roubos à casa lotérica no bairro Santa Luzia e loja OI.

Sua companheira de convívio, Ana Carla Pereira da Costa, de 26 anos, estava no endereço onde aconteceu a troca de tiros e foi conduzida para o complexo policial do bairro Aratu e apresentada ao delegado Joaquim Rodrigues, que vai instaurar inquérito para investigar as prisões e o Auto de Resistência.





www.fernandopop.com - Fonte - Alô Alô Salomão
Reações:

0 comentários: