BARREIRAS: COLEGA DE MÉDICA CUBANA QUE MORREU COM H1N1 É INTERNADA COM SUSPEITA DA DOENÇA


Uma médica cubana foi internada nesta terça-feira (26), e outra está em quarentena com sintomas da gripe H1NI no Hospital do oeste, município de Barreiras, no oeste do Estado. De acordo com informações da prefeitura de Bom Jesus da Lapa, cidade onde a médica, de 56 anos, trabalha, ela era amiga de Clara Elisa Gonzales, 42 anos, morta pelo vírus na terça-feira (19).

Ainda de acordo com a prefeitura, as três médicas moravam juntas. Das duas, apenas uma precisou ser internada, pois apresentava dores nas articulações, o que indica sintomas da gripe. No entanto, o quadro clínico dela é estável. A outra médica está de quarentena em casa, em observação.

Por meio de nota, o Hospital do Oeste informou que a vítima deu entrada na unidade por volta das 22h, de terça, com suspeita de H1N1. Ela está no isolamento da clínica médica. Além da médica, uma adolescente de 13 anos está internada na clínica pediátrica, com quadro de pneumonia. Ambas apresentam quadro estável.

Ainda segundo a nota, as pacientes estão usando medicamentos sintomáticos e da hidratação. A média de duração do tratamento é de cinco dias.





www.fernandopop.com - Fonte - R7 BA
Reações:

0 comentários: