DROGA ENCONTRADA COM MARIDO DE VIVIANE TRIPODI ESTÁ AVALIADA EM R$ 1 MILHÃO



O montante de droga apreendido pela Polícia Federal, durante uma operação em que o empresário Marcelo Paiva Caetano Rodrigues, 29 anos, foi preso em flagrante, está avaliado em aproximadamente R$ 1 milhão. Marcelo é marido da cantora Viviane Tripodi.

Foram apreendidas pouco mais de uma tonelada de maconha na fazenda da família Tripodi, na cidade de Jaguaquara, Centro-sul do estado, e 70 kg de cocaína em um galpão em Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador. 

“O prejuízo para quem estava negociando essa carga com o grupo é de mais de R$ 1 milhão”,informou o delegado André Rocha, da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) da Polícia Federal, durante apresentação dos resultados da operação, na manhã desta quinta-feira (12), no prédio-sede da PF em Água de Meninos. Cinco carros de luxo foram apreendidos pelos policiais federais: uma caminhonete Hilux, uma BMW, uma SW4 Toyota, uma caminhonete Ford Ranger, um Fiat Linea, além de uma moto.

A maioria dos veículos era usada com frequência por Marcelo, apontado pela PF como o chefe da quadrilha - seis integrantes foram presos. Segundo o delegado André Rocha, os veículos podem ser fruto de lavagem de dinheiro. “Apesar de carros estarem em nome de outras pessoas, comprovamos que era ele quem usufruía e inclusive era quem cuidava da manutenção. Mas ainda estamos investigando. Para confirmação, será necessário ainda a quebra do sigilo bancário que deve ser deferido pela Justiça”, declarou o delegado.  

Além de Marcelo, foram presos em flagrante: Anderson Souza Cerqueira, Elton Souza de Santana, Osvaldo Alex Silva Dias, Francisco Lázaro Vasconcelos Martins e Jocelino Nascimento Souza. “Todos ele foram presos em flagrante, mas podem ter as prisões preventivas decretadas pela Justiça”, disse o delegado. A PF chegou até eles através de investigação e de escutas telefônicas autorizadas pela Justiça.


De acordo com o delegado da PF, o grupo atuava na Bahia, principalmente nas cidades de Itabuna, Eunápolis e Porto Seguro – onde mandados de busca e apreensão foram cumpridos – e em Salvador. “Ele (Marcelo) não tinha nenhum vínculo com organizações criminosas, atuava mais no varejo”, explicou. Mas, segundo Rocha, já havia movimentação da quadrilha para iniciar a distribuição para fora do estado. Parte da maconha encontrada na fazenda da família Tripodi estava dentro de um fundo falso de uma ambulância e seguiria para Sergipe. 

Questionado se outras pessoas estariam envolvidas na quadrilha, o delegado disse que, até o momento, a única comprovação é dos seis presos, que estão à disposição da Justiça. “Ouvimos algumas pessoas da família e não constatamos nada que ligasse os demais aos envolvidos. Alguns foram interrogados e liberados. Outros ainda serão chamados à Polícia Federal”, declarou. A cantora Viviane Tripodi foi uma das ouvidas. A Polícia Federal também esteve na casa da cantora, no Caminho das Árvores. 



www.fernandopop.com - Fonte - [correio24hs]
Reações:

0 comentários: