GEDDEL É CITADO EM DECISÃO DE TEORI QUE AFASTOU CUNHA


O presidente do PMDB na Bahia, Geddel Vieira Lima, foi citado na decisão liminar do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, que determinou o afastamento o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, do mandato de deputado federal e da Presidência da Câmara nesta quinta-feira (5).

Na decisão, Zavascki afirma que Cunha cobrou de Leo Pinheiro, ex-presidente da construtora OAS, por ter pago, de uma vez, para Temer uma quantia na ordem R$ 5 milhões, tendo adiado os “compromissos com a turma, que incluiria Henrique Alves, Geddel Vieira, entre outros”. Segundo o ministro, o ex-empreiteiro pediu a Cunha que tivesse cuidado com a análise, pois poderia mostrar a quantidade de pagamentos dos amigos.

Geddel tem o nome especulado para comanda a Secretaria de Governo em um eventual governo do vice-presidente Michel Temer (PMDB).





www.fernandopop.com - Fonte - Tribuna da Bahia
Reações:

0 comentários: