PRESIDENTE INTERINO DA CÂMARA MENTIU EM PRESTAÇÃO DE CONTAS


O presidente interino da Câmara dos Deputados, Waldir Maranhão (PP-MA), mentiu à Justiça Eleitoral maranhense em um processo que apura sua prestação de contas da campanha de 2010. Segundo informações do jornal O Globo, Maranhão informou ter doado a si mesmo R$ 557,6 mil, o que representa 68% do custo total. 

O deputado alega ter vendido sua casa, localizada em um dos bairros mais nobres de São Luís, mas de acordo com o jornal, o imóvel nunca deixou de estar em nome do parlamentar e da sua esposa, a pedagoga Elizeth Azevedo. Eles ainda residem no local. Especialistas afirmam que Maranhão pode ser alvo de ação criminal ou eleitoral por fraudar as contas de campanha.
Reações:

0 comentários: