FORMOSA DO RIO PRETO: MULHER DE PREFEITO DESDENHA DA JUSTIÇA AO RECEBER MANDADO

 
A Justiça determinou em maio deste ano, o afastamento do prefeito de Formosa do Rio Preto, no extremo oeste da Bahia, do cargo por 180 dias. No entanto, a decisão ainda não foi cumprida por Jabes Lustosa Nogueira Junior (PDT). 
 
Documentos obtidos pela reportagem do Bocão News apontam que um oficial de Justiça tentou por diversas vezes encontrar o gestor para que fosse entregue o mandado que determina a posse do vice-prefeito, Gerson Bonfantti, como novo chefe do executivo municipal. 
 
 
Em uma das oportunidades, uma das certidões elaborada pelo oficial, revela que a então primeira-dama da cidade, Cinthia Rocha Mascarenhas Lustosa, teria até menosprezado a decisão do desembargador. “Como é que um desembargadozinho desse dá uma decisão só em duas folhas”, teria disto a então primeira dama da cidade.
 
A reportagem obteve ainda o print de uma conversa, que ocorreu em um grupo do aplicativo WhatsApp, na qual mostra a mulher do prefeito desdenhado do trabalho do oficial de Justiça. Veja imagem abaixo.
 
 
Afastamento do prefeito
 
Conforme a decisão da Justiça, o prefeito e alguns gestores, realizaram gastos exorbitantes, de cerca de R$ 1 milhão com material gráfico, comprovados através de detalhamento no portal da transparência do município.
 
A Justiça apontou ainda que a empresa citada pela prefeitura é "fantasma", pois não teve seu capital social integralizado, com extrato da Junta Comercial da Bahia. Além disso, não há evidências de que o serviço contratado tenha sido efetivamente prestado.
 
A posse do vice-prefeito está prevista para esta quarta-feira (1º). A reportagem tentou entrar em contato com a mulher do prefeito, mas as ligações não foram atendidas, nem retornadas.
Reações:

0 comentários: