POLICIA FEDERAL VISITA DIRETORIO DO PR, PARTIDO DO PRÉ-CANDIDATO MOISÉS SCHIMIDT E APREENDE DOCUMENTOS


Acaba de chegar às minhas mãos cópia de petição endereçada à Zona Eleitoral de Barreiras, nos moldes do NCPC – Lei nº 13.105/2015, a saber: Trata-se de uma notícia em desfavor do Sr. Moisés Schimidt, ora pré-candidato a Prefeito de Barreiras, pelo PR – Partido da Republica, que no dizer do petitório a que nos referimos, está sendo acusado pelo PSB de falsificar assinaturas de antigos militantes do Partido Socialista Brasileiro – PSB, inclusive transferindo-os para o seu novo partido, o PR, sem, o devido conhecimento do mesmo. 

Um exemplo fragrante, segundo a acusação, trata-se da transferência para o PR do membro do PTB, Sr. José de Jesus Santos, nascido em 10/03/1963, brasileiro, com, união estável, CPF sob o nº .........................., RG nº ......................... SSP-BA, Título Eleitoral nº......................, ZE 075, Seção 0148, que residente à Rua Raimundo Cardoso dos Santos, Bairro Alphaville, nesta cidade.

O Sr. José de Jesus Santos, em 11/06/2016, foi surpreendido ao constatar que estava filiado ao PR- Partido da República, em Barreiras-BA, constatando a seguir que seu pedido de filiação deu-se por meio de Requerimento de Lista Especial de Filiados, encaminhado à Justiça Eleitoral, até a data acima citado, quando ele, José de Jesus estava convicto quando a sua filiação ao PTB.

Ao dirigir-se à Justiça Eleitoral, quem o atendeu lhe informou que sua transferência efetivou-se por seu próprio pedido. Solicitou, então, fosse-lhe exibido o Termo de Transferência e constatou que se tratava de uma fraude, pois a assinatura aposta no documento em nada se assemelha a sua.

O Partido da República, por sua presidente, a Sra. Lêda, negou com veemência aquele expediente e que jamais assinou aquela ficha de inscrição.

Diz o partido queixoso, o PTB, que o ato praticado deve ser caracterizado como CRIME ELEITORAL, Fraude clara com objetivo específico de ter o Sr. JOSÉ DE JESUS SANTOSconcorrendo ao mandato eletivo para vereador pelo partido em questão. A má fé e o dolo (conforme a petição) são notórios, uma vez que a assinatura apresentada no pedido de lista especial apresentado na Justiça Eleitoral, Cartório de Barreiras/BA, nunca foi do denunciante. Tampouco tem ele qualquer ficha assinada no Partido da República – PR-22/Diretório de Barreiras.

Filiação eleitoral fraudulenta, que deve ser apurada e de imediato cancelada.

Diz ainda que o Poder Judiciário não pode ficar a mercê e nem ser utilizado em prol de comportamentos DOLOSOS como este, e ainda não pode o NOTIFICANTE ser prejudicado, uma vez que o mesmo é um trabalhador, homem íntegro e reto.

Outro fator que agrava a situação do PR, segundo a petição, é que para apresentar uma lista de novos filiados, mister se fazia anexar os pedidos de transferência do partido original, o que não foi feito.

Pediu, enfim, que seja validada a filiação do Sr. JOSÉ DE JESUS SANTOS nos quadros de filiado do PTB-Barreiras-BA, em respeito a legislação pertinente e as jurisprudências existentes.

Que seja condenado o PARTIDO DA REPÚBLICA – DIRETÓRIO BARREIRAS/BA com todas as sanções pertinentes, nas esferas criminais e eleitorais.

Que seja aberto um INQUÉRITO PARA APURAR todos Os pedidos de filiação por meio deLISTA ESPECIAL pelo PARTIDO DA REPÚBLICA – DIRETÓRIO BARREIRAS/BA, no período de 2016, uma vez que possa existir mais fraudes como a que está sendo relatada.

Que seja cancelada a filiação do Sr. JOSÉ DE JESUS SANTOS junto ao Cartório Eleitoral no PR (22) –Barreiras – BA.

Que o Partido da República venha publicamente nos meios de comunicação pertinentes, retratando-se quanto ao fato, que hoje já trás muito constrangimento ao noticiante.

A condenação do PARTIDO DA REPÚBLICA – DIRETÓRIO BARREIRAS/BA conforme legislação Eleitoral vigente no que tange e as despesas, custas e honorários advocatícios.

Fomos informados, a seguir, que a Polícia Federal já entrou em ação, visitando esta tarde o Diretório do Partido Republicano, quando aprendeu todos os computadores existentes no local e documentos diversos, para averiguação, a pedido da Justiça Eleitoral.

Enfim, caso sejam confirmadas as acusações, na minha opinião a política ainda está distante do seu verdadeiro papel, atuando à base de compras exageradas de pequenos partidos. Ainda bem que o novo presidente da Câmara Federal, já no mês de agosto próximo, começará a incrementar uma nova mudança na Lei Eleitoral, fixando no máximo oito partidos, fato que contribuirá para extinção daqueles nanicos que fazem a festa em tempo de eleições.
Com Fonte: Blog do Itapuan Cunha
Reações:

0 comentários: