LEM - HUMBERTO SANTA CRUZ - RÉU PROTAGONISTA DE VÁRIAS BARGANHAS


Resultado de imagem para humberto santa cruz



Um império constituído sobre falcatruas e beneficiamento de poucos entrou em ruína há um pouco mais de dois anos.
Humberto Santa Cruz está fadado ao rótulo de pior gestor dos últimos tempos. Seu legado negativo será lembrado por muito tempo.
Comecemos pelas ações populares movimentadas em esferas municipal, estadual e federal, as quais Humberto Santa Cruz terá que responder todas, algumas concedidas liminar imediata.

A FARRA DO COMBUSTÍVEL
O Alcaide permitiu uma verdadeira baderna com o dinheiro público, em que secretários e funcionários de sua confiança ostentavam viagens de fim de ano e uso pessoal de combustível na cidade com os cartões corporativos de abastecimento.

Os ex secretários Renato Faedo e Vera Stresser, que bancaram suas despesas com combustível esbanjando seus cartões corporativos como segue abaixo o demonstrativo.


Note o percurso e datas - Fim de ano no litoral baiano - Secretário de Agricultura

Note o percurso e datas - Fim de ano no Paraná - Secretária de Educação
Renato Faedo seguiu para a praia – Morro do São Paulo e ostentou fotos em sua página social, bem como Vera Stresser, que preferiu visitar a família no Paraná, dilapidando os cofres públicos e postando em sua página no Facebook.

DESENBAHIA
Seguindo mais adiante, Humberto Santa Cruz a frente da administração permitiu muitas barganhas. Podemos citar o caso do DESENBAHIA, no auge de sua perspicácia, em 2012 HSC pegou emprestado R$15 milhões sob a justificativa de que iria investir no Jardim das Acácias fazendo promessas eleitorais e o serviço não fora realizado, o que impediu que este ano – 2016 – vésperas de eleição, este conseguisse novamente aplicar o mesmo golpe, porém o empréstimo poderia chegar a R$30 milhões. Como a gestão não convenceu o DESENBAHIA que havia feito de fato o serviço em 2012, ficou emperrado o novo empréstimo, atrapalhando os planos do prefeito para estas eleições.

INSTITUTO EXPERTAR
Neste caso, os réus são o Prefeito, sua digníssima esposa Maira Andrada e o ex candidato do prefeito Werther Brandão. Note que barganha foi feita:
No exercício de 2012, a Senhora Maira de Andrada Santa Cruz ocupava o cargo de Secretária Interina de Trabalho e Assistência Social, e, fora nomeada, em 18 de junho de 2012, Gestora do Fundo Municipal de Assistência Social, conforme Decreto n. 2.479/2012. Tendo como fato muito curioso, que, dois meses antes (15 de agosto de 2012) a Senhora Maira de Andrada Santa Cruz foi eleita conselheira fiscal do Instituto, a mesma, na condição de Secretária Interina de Trabalho e Assistência Social, celebrou um contrato de locação de imóvel onde iria funcionar o Instituto Expertar, segundo a cláusula primeira do contrato de Locação de Imóvel n. 207/2012 firmado entre o município de Luis Eduardo Magalhães e o proprietário do imóvel. Ou seja, ela teria se usado de sua posição no poder público para celebrar contratos com um instituto do qual ela era a própria conselheira fiscal.

GRÁFICA FANTASMA 
Não satisfeito com a balbúrdia instaurada dentro da prefeitura com a coisa pública, o senhor prefeito Humberto Santa Cruz é réu ainda num processo em esfera federal que trata de um contrato feito com uma gráfica fantasma. Este processo resultou numa liminar imediata que bloqueou os bens pessoais do prefeito e de seu secretário de finanças – Sérgio Henrique Verri.

A transição do Governo ainda não teve início, mas a partir de hoje, estaremos retomando todas as falcatruas já denunciadas pela imprensa local e comparando com as mazelas que serão encontradas na prefeitura.

Faremos um balanço de todos beneficiados pelo poder público atual e mostraremos para a sociedade luiseduardense onde o dinheiro dos impostos foram aplicados como: viagens, carros, casas em Miami, uso e abuso do poder público massacrando o povo que clama por educação, segurança e saúde.


Abusos com o dinheiro público como aluguel de prédios, material de informática, notas frias, caso do INTS, Kayros e Família Callegari serão pautas de nossa próxima matéria, além de espelhos do portal de transparência que iremos postar e explicar para que você, cidadão, entenda o que Humberto Santa Cruz fez os cofres públicos. Através destas, vamos buscar justificativas para a revolta que assolou a gestão e tem castigado tanto seus moradores e servidores com demissões, falta de atendimento, falta de merenda, desativação de casa de apoio em Salvador para atendimento médico, cancelamento de ônibus que leva os estudantes para as faculdades em Barreiras. Tudo isso feito de forma desabastecida de argumentos, somente para se vingar da desonra a que foi exposto em Outubro.

www.fernandopop.com - Por: Amanda Garcia
Reações:

0 comentários: