OZIEL DENUNCIA DESMONTE EM LUIS EDUARDO MAGALHÃES



O site Mural do Oeste esteve Conversando nesta sexta-feira, 02 de dezembro, com o prefeito eleito de Luis Eduardo Magalhães, Oziel Oliveira, e ele não escondia a preocupação com o que chamou de "desmonte" em vários setores do município. Oziel disse que faltam médicos e remédios nos postos, que há problemas sérios nos setores de educação e infra-estrutura, entre diversos outros. Na opinião dele tudo levar a crer que o "desmonte" da máquina pública vem sendo praticado com o objetivo de inviabilizar o seu governo.

O prefeito eleito disse que assim que tomar posse fará um profundo diagnóstico da situação e apresentará a população, podendo inclusive recorrer a justiça para que as medidas cabíveis sejam tomadas. Oliveira não descarta acionar também o Ministério Público para que a Prefeitura cumpra a obrigação de atender aos pessoas que precisam de tratamento e estariam sendo abandonadas a própria sorte. "O que estamos vendo aqui são coisas de cortar o coração. Não se pode ser tão desumano assim com aqueles que mais precisam" disse o prefeito eleito.


Para Oziel esta forma de vingança praticada contra o povo de Luis Eduardo Magalhães demonstra a pequenez dos seus adversários políticos. Na opinião dele a atual gestão não trabalhou, não fez o que era obrigação do gestor atual e, por conta disso, foi derrotada nas urnas. "O povo reprovou a forma como a atual gestão administrava a cidade - a culpa da derrota é da própria gestão e não do povo.  Nós estamos chegando para fazer diferente e mudar este quadro de abandono vivido por Luis Eduardo Magalhães.O povo humilde vai voltar a ser ouvido e atendido com dignidade e não com arrogância e prepotência" afirmou.

Oziel disse que ainda não decidiu nada sobre o seu secretariado uma vez que sua atenção se volta para os problemas administrativos que vem ocorrendo em Luis Eduardo Magalhães. "Eu estou focado agora em acompanhar e denunciar este sucateamento que estão promovendo na máquina pública e também em buscar as formas de impedir que isso continue acontecendo. Essa política de terra arrasada, de falta de respeito com o povo não pode continuar em Luis Eduardo Magalhães. Nós vamos mudar isso" finalizou. 
Reações:

0 comentários: