PILOTO DE AVIÃO QUE LEVAVA DELEGAÇÃO DA CHAPECOENSE TINHA MANDADO DE PRISÃO DECRETADO

Piloto Miguel Quiroga, responsável pelo avião que levava delegação da Chapecoense para a Colômbia (Foto: Reprodução Facebook)

As investigações sobre o acidente aéreo que matou a maior parte da delegação da Chapecoense continuam e as acusações contra o piloto Miguel Quiroga, que também morreu no incidente, só aumentam. Desta vez, de acordo com as informações do ministro boliviano Reymi Ferreira, divulgadas nesta última segunda-feira (50 Quiroga tinha um mandado de prisão decretado por ter desertado a Força Aérea.

Segundo informações do jornal “O Globo”, Miguel Quiroga teria evitado a prisão com recursos na Justiça. Quiroga era um dos sócios da companhia aérea LaMia, ele tinha 36 anos e estava responsável pelo avião que caiu com a delegação da Chapecoense que ia disputar a final da Copa Sul-Americana contra o Atlético nacional na Colômbia. A queda ocorreu no dia 29 de Novembro deste ano.



www.fernandopop.com - Fonte - Redação VN
Reações:

0 comentários: