DOIS SUSPEITOS DE TENTATIVA DE ROUBO EM LAPA, DENTRE ELES O ASSALTANTE “PONTO CINQUENTA” MORREM EM CONFRONTO COM A POLÍCIA BAIANA

LAPA
Segundo informações da Polícia Militar da Bahia, Danielzinho ao ser localizado, efetuou disparos contra a guarnição, que revidou. Imediatamente, o SAMU foi acionado e prestou socorro ao ferido, o encaminhando a UPA, no entanto, apesar do socorro médico, o individuo morreu devido à gravidade dos ferimentos. Em seguida, as guarnições se dirigiram ao Disep, em Bom Jesus da Lapa, para registro da ocorrência.
A operação foi desencadeada, após a PM receber informações sobre a presença de Nenenzinho, Gabriel e Danielzinho, em Riacho de Santana de três participantes do ataque em Bom Jesus da Lapa, que resultou na morte de dois policiais. As guarnições se dirigiram aos locais indicados, por volta das 6h desta sexta-feira (27).
O trio teria participado da tentativa de assalto aos bancos, em Lapa, percorrendo várias ruas e disparando em frente à casa de policiais.
MORTE DE PONTO CINQUENTA
O quinto suspeito morto foi Vangervaldo dos Santos Correia, 49 anos, também conhecido como Cinquentinha ou Ponto 50, devido à sua suposta perícia em manusear a metralhadora ponto 50 durante os assaltos a bancos e carros fortes.
50
Segundo informações de testemunhas, uma guarnição da CIPE Cerrado deu ordem de parada a um veículo e, posteriormente, foram ouvidos vários tiros, resultando na morte de Vangervaldo, tratado como “Irmão Ivan”, em Bom Jesus da Lapa.
Ainda segundo testemunhas, provavelmente outros homens estavam no mesmo veículo de Vangervaldo, mas conseguiram fugir.
Imagens e vídeos compartilhados nas redes sociais mostram os policiais militares no local da ocorrência e, aparentemente, transportando o corpo.
Vangervaldo foi preso em 2015, acusado de chefiar uma quadrilha que atuava nas regiões Norte e Nordeste do país, especializada na modalidade de roubo conhecida como “Novo Cangaço”. O grupo atacou instituições financeiras nos estados da Bahia, Ceará, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Pernambuco e Piauí.
Durante a prisão, a polícia informou que, para não despertar suspeitas, Vangervaldo trabalhava com compra e venda de veículos usados, em Lapa, possuía um lava – jato e frequentava cultos num templo evangélico, onde era conhecido como “Irmão Ivan”.
A prisão do assaltante foi realizada mediante ação conjunta do Grupo Avançado de Repressão a Crimes Contra Instituições Financeiras (Garcif), das Coordenadorias Regionais de Polícia do Interior (Coorpins) de Guanambi (22ª) e Bom Jesus da Lapa (24ª), com apoio da Superintendência de Inteligência da SSP/BA.
Com a morte de Ponto Cinquenta, já são cinco mortos, dos envolvidos na tentativa de assalto em Bom Jesus da Lapa.


www.fernandopop.com - Fontes: MÍDIA NA BAHIA/ GUANAMBIFM
Reações:

0 comentários: