HSC PERMITIA FÁBRICA DE CHEQUES DENTRO DA PREFEITURA DE LUIS EDUARDO MAGALHÃES



Na manhã desta sexta-feira, 13, o Prefeito de Luis Eduardo Magalhães, Oziel Oliveira convocou a imprensa para uma coletiva em que apresentou alguns dados prévios da situação financeira que Humberto Santa Cruz deixou no município.


Além de uma dívida de mais de 30 milhões em INSS parcelados, entre outros empréstimos, passando pela calamidade que se encontra Luis Eduardo Magalhães, o que mais chamou a atenção foi o montante de cheques assinados com processos de pagamento em branco, sem qualquer parecer que dê licitude à prática.


ENTENDA O PROCEDIMENTO

Para receber um serviço prestado em qualquer prefeitura, é necessário o empenho do montante, a comprovação da prestação do serviço, a assinatura do responsável que respalda essa prestação de serviço e somente depois, munidos desse chamado "processo de pagamento", aí sim o cheque assinado.


O que foi encontrado dentro de gavetas no prédio da Prefeitura foram inúmeros processos de pagamento sem assinatura alguma que comprovasse a prestação de serviço grampeados aos cheques que variam desde R$2.000,00 até R$40.000,00, contendo inclusive cheque nominal a ex secretários do município.

Processo de pagamento em branco com cheque nominal


"É importante que a sociedade tome conhecimento do que estou encontrando aqui. Ainda não temos dados oficiais da transição que somente termina no final do mês, isso aqui é apenas 1% de tudo que temos encontrado. Não se trata de erro ou de fraude, mas sim de uma organização criminosa instalada aqui que trabalhava com pagamentos aleatórios e depois procuravam a justificativa e colhiam assinaturas".


Já foi sacado em banco mais de R$44.000,00 de cheques com os processos igualmente em branco

O prefeito de Luis Eduardo Magalhães, no último final de semana ordenou que fechassem as saídas de fuga que tinha dentro da prefeitura que davam acesso direto ao gabinete do gestor. "Mandei que fechasse tudo. Aqui prefeito entra pela porta da frente e sai pela porta da frente! Não permitirei esse tipo de prática na minha gestão onde cheques assinados eram distribuídos e entregues sorrateiramente pelas portas de fuga!", falou indignado Oziel Oliveira.

Foi questionado como procederiam em relação a essas falcatruas, ao qual Oziel respondeu que está tudo sendo entregue aos órgãos competentes e cada um será responsabilizado por seus erros.


Que o município estava em situação precária, já era noticiado há muito tempo por esse blog, mas, cheques distribuídos sorrateiramente e escondidos em várias gavetas da prefeitura, foi novidade. Novidade essa que entristece e desmotiva os cidadãos. O marketing que fizeram em Luis Eduardo Magalhães durante esses oito anos de gestão, não permitiu que os cidadãos de bem enxergassem os imbróglios que estavam sendo arquitetados por Humberto Santa Cruz.


"Uma verdadeira fábrica de cheques tinha aqui dentro! ´Não vou me calar. A população vai ter conhecimento de cada prática criminosa que foi cometida aqui dentro", finalizou o Prefeito Oziel Oliveira.

www.fernandopop.com.br - Por: Fernando Pop/Fotos: Effect Produtora

Reações:

0 comentários: