MÁRCIO MARIANO INAUGURA CASAS POPULARES EM PARCERIA COM GOVERNO FEDERAL SEM PAVIMENTAÇÃO NO JAVI



 Na terça-feira, 10 de Janeiro o Prefeito de Muquém do São Francisco Márcio Mariano, fez a entrega de 38 "casas populares" no distrito de Javi. 

Diante de uma cerimônia vergonhosa, liberou que os beneficiários ocupassem as casas. Porém, a situação é calamitosa no local onde estas foram construídas. 

                                    

Márcio entregou as casas sem o mínimo de pavimentação e alguns moradores procuraram o blog para fazer as denúncias. Sequer tem água, luz, esgoto, limpeza das ruas e algumas residências faltam os vidros das janelas e até pias.

"Fomos reclamar na Prefeitura e a resposta que tive foi que se não entrasse pra casa de imediato, perderia o direito dela", falou Dona Maria Oliveira.

                             

O que é mais estarrecedor é imaginar que essas 38 casas foram ou deveriam ter sido construídas com a parceria do Governo Federal, sendo assim, fica alguns questionamentos: Houve uma fiscalização por parte do Governo Federal? Em que situação estão vivendo essas pessoas?

Após a cerimônia, o prefeito do PP, que tem mostrado não ser nada legalista, diga-se de passagem, concedeu entrevista numa rádio de Muquém do São Francisco que já teve seu equipamento confiscado pela polícia federal por se tratar de uma rádio clandestina, passado alguns dias, o equipamento foi reposto e a rádio continua no ar.

                           

A população aguarda ansiosa por uma intervenção do MP para uma fiscalização em loco. As denuncias devem estar sendo protocoladas na próxima semana através de uma ação popular assinada por todos os moradores.

                              

"Nós estamos em uma situação muito difícil. Não tem nem água! Na minha casa falta até os vidros da janela. O prefeito não tem o direito de mentir desse jeito e nos colocar nessa situação", falou Seu José de Brito.

                               

www.fernandopop.com - Texto: Fernando Pop/Fotos: Arquivo de um do moradores 

Reações:

0 comentários: