MORRE O TERCEIRO SUSPEITO DE INTEGRAR QUADRILHA QUE TENTOU ASSALTAR BANCOS EM BOM JESUS DA LAPA

morto-cocos-sudoeste-bahia-25
Um homem suspeito de integrar a quadrilha que tentou assaltar duas agências bancárias em Bom Jesus da Lapa, morreu após trocar tiros com a polícia em Cocos, na região Oeste da Bahia. O caso aconteceu na manhã desta quarta-feira (25/01). Segundo a corporação, o homem estava em uma residência, no Bairro Solar das Estrelas, e resistiu à prisão, iniciando um confronto com policiais da Companhia Independente de Policiamento Especializado/Cacaueira e da 30ª Companhia Independente de Polícia Militar (30ª CIPM), que revidaram e balearam o suspeito identificado pelo prenome de Marisley.
Ele foi socorrido e encaminhado para o hospital municipal de Cocos, mas não resistiu aos ferimentos e morreu logo após dar entrada na unidade de saúde. O corpo foi removido pelo DPT e foi encaminhado para o Instituto Medico Legal (IML) de Bom Jesus da Lapa. Nenhum policial ficou ferido na ação. Os demais integrantes da quadrilha, que não tiveram os nomes divulgados, ainda são procurados pela polícia.

MAIS UM SUSPEITO DE TENTAR ASSALTAR BANCO EM BOM JESUS DA LAPA É ENCONTRADO MORTO EM JUAZEIRO

original23-06
Um homem foi encontrado morto durante a manhã desta terça-feira (24), em Juazeiro da Bahia. Segundo informações obtidas pelo L12 Sudoeste, o corpo achado seria do homicida Edgar José Gundim, o Edgar de Nô. Ele seria um suspeito de integrar ao bando que tentou assaltar bancos na cidade de Bom Jesus da Lapa, na noite do último domingo (22), que resultou na morte imediata de um integrante da quadrilha, em troca de tiros com o BOPE, e no assassinato de dois policiais militares lotados na 38ª CIPM. Edgar, que já teria matado dois policias em Pernambuco e um na Bahia, suspostamente foi baleado no domingo, durante a troca de tiros e seu corpo descartado na cidade de Juazeiro, no decorrer da fuga. Ele é natural de Cabrobó, em Pernambuco, mesma cidade de origem de Marcelo Alves de França, o Célio de Laurita, de 38 anos, que usava identidade falsa e foi a óbito no dia da troca de tiros.

As polícias militares e civis estão a um passo de desmantelar todo o esquema criminoso formado pela quadrilha, que levou praticamente todas as unidades operacionais da PM e CIvil à Bom Jesus da Lapa, visando uma resposta rápida à comunidade. O caso está sendo investigado por núcleos da Polícia Militar e pela Polícia Civil, aos cuidados do Coordenador Regional, Jackson Trindade Neves, e do Major Maltês, comandante da CIPE semiárido.



www.fernandopop.com - Fonte: Inubianews/L12/Alô Alô Salomão
Alô Alô Salomão
Reações:

0 comentários: