OZIEL OLIVEIRA CONVOCA AGENTES DE SAÚDE E CATADORES PARA PARTICIPAREM DA CAMPANHA “CIDADE QUE TE QUERO LIMPA”

Nesta segunda-feira (09) Oziel Oliveira, recebeu os agentes comunitários de saúde, para apresentar a campanha “Cidade que te quero limpa”. A campanha tem em seu bojo diversas ações. A primeira delas é o mutirão de limpeza dos bairros, uma ação conjunta entre as secretarias de Meio Ambiente, Infraestrutura e Saúde, unindo forças para limpar as ruas, terrenos e quintais que abrigam lixo e entulhos, criando ambiente perfeito para a proliferação do mosquito aedes aegypti e outras pragas, causando doenças oportunistas nos cidadãos.
“Os agentes de saúde que já desenvolvem seu trabalho na comunidade, tem o importante papel de conscientizar a população para a destinação correta do lixo, que é também uma questão de saúde pública. Precisamos unir forças para varrer o lixo das ruas e educar a população para que cuidem das vias públicas como se estivessem cuidando de suas próprias casas.” Destacou o prefeito Oziel.
Na reunião, o prefeito explicou ainda que os agentes podem colaborar no “Mutirão da Limpeza” convocando a população a retirar o lixo e o entulho das suas casas e dos seus quintais, para que a equipe de limpeza possa recolher tudo.
Nesta terça-feira (10) o mutirão irá passar pelo Mimoso II, e em seguida deve visitar os demais bairros da cidade.
CATADORES TAMBÉM ESTÃO ENVOLVIDOS NA CAMPANHA
Oziel falou também com a Associação dos Catadores de Luís Eduardo, que se colocaram à disposição para ajudar na coleta do material e dar destino adequado para a mesma.
“Essa campanha vai ajudar a cidade a ficar mais limpa e também vai nos dar a oportunidade de recolher diversos materiais recicláveis, transformando lixo em dinheiro. Que bom que o prefeito tomou esta iniciativa!” Disse a presidente da associação.
O mutirão de limpeza que compõe a campanha “Cidade que te quero Limpa” começa amanha, às 8 da manhã e o ponto de encontro dos envolvidos e voluntários será o Posto de Saúde Moacyr Marchesan, na Avenida São Francisco.

Ascom/LEM
Reações:

0 comentários: