EDUCAÇÃO: LUÍS EDUARDO APOSTA NA FORMAÇÃO CONTINUADA DOS PROFESSORES E MARCA INÍCIO DAS AULAS PARA 20 DE FEVEREIRO


O Conselho Municipal de Educação de Luís Eduardo Magalhães definiu essa semana o novo calendário escolar e aprovou após votação, o dia 20 (vinte) de fevereiro como início do ano letivo. Segundo o Secretário de Educação, Professor Leandro dos Santos, a data foi definida para que o planejamento da pasta possa ser aplicado com efetividade. 

A gestão está buscando minimizar os problemas estruturais encontrados nas unidades escolares, através de processos licitatórios que obedecem a prazos legais, possibilitando a compra de alimentação escolar e reparos mínimos nas estruturas das escolas. 
Sobre as adequações estruturais necessárias, o prefeito Oziel Oliveira declarou:
“Encontramos uma situação de grave abandono na educação. Prédios dilapidados, estruturas comprometidas, carteiras sem condições de uso, um verdadeiro caos. Está sendo analisado um plano de reforma de todas as unidades de ensino. Emergencialmente serão feitos reparos para atender minimamente o que é digno para os alunos e professores iniciarem o ano letivo. O projeto de reformas será executado no decorrer do ano. Concomitantemente a esta operação, será acontecerá a Jornada de Formação Continuada, que nos últimos anos não foi realizada. A Jornada tem por objetivo atualizar os conhecimentos dos professores e prepara-los para trabalhar na educação em rede, compromisso nosso, que possibilitará um aporte na qualidade do ensino em nosso município em todas as unidades escolares.” Explicou.




























Os professores serão convocados dia 13/02 para trabalhos internos e atividades pedagógicas, além da Jornada de Formação Continuada, que têm a finalidade primordial de preparar os docentes para os novos e crescentes desafios do sistema educacional.    
“No dia 20 de fevereiro iniciaremos o ano letivo de 2017. Encontramos problemas de infraestrutura em algumas escolas; todavia, nesse primeiro momento nos esforçamos para reduzir essas falhas em caráter emergencial, claro, ponderando o cumprimento dos critérios legais, a fim de oferecer ao corpo discente e docente, um recinto escolar razoavelmente acolhedor e harmônico. Já existe um plano de reforma em análise que abrangerá intervenções físicas em todas as unidades escolares. Em breve, a Rede Municipal de Ensino terá prédios novos e mais modernos. É importante ressaltar que investiremos na capacitação e qualificação dos professores para que os alunos contem com um ensino de qualidade e compatível com os seus anseios. Os desafios da Educação são muitos, mas estamos preparados para enfrentá-los com empenho e dedicação.” Destacou o Secretário de Educação, Leandro Santos.





www.fernandopop.com - Fonte - Ascom/LEM
Reações:

0 comentários: