GUANAMBI: CIGANO É EXECUTADO POR GRUPO; VÍTIMA TINHA R$ 7,2 MILHÕES EM PROMISSÓRIAS

Guanambi: Cigano é executado por grupo; vítima tinha R$ 7,2 milhões em promissórias
Foto: Reprodução / Verdinho Itabuna
Um homem, identificado como Marcílio “Cigano”, foi morto a tiros em Guanambi, no Sertão Produtivo, sudoeste baiano, nesta segunda-feira (30). A vítima estava dentro do carro com notas promissórias e cheques quando foi abordado pelos suspeitos. Conforme a Delegacia Territorial, Marcílio estava com a quantia de R$ 7,2 milhões só em notas promissórias. Não há informações sobre o montante dos cheques. Ainda segundo a Polícia, quatro homens a bordo de um carro (Spacefox) participaram da ação. A vítima foi baleada com quatro tiros nas costas e um na cabeça. Conforme o Aratu On-line, Marcílio era suspeito de fazer agiotagem. Depois do assassinato, os suspeitos fugiram. Um deles morreu em confronto com a polícia, dois foram presos e um continua foragido. A suspeita é que os quatros tenham sido contratados para o crime. A Delegacia de Guanambi investiga o caso. 
Reações:

0 comentários: