PREFEITO DE MUQUÉM DO SÃO FRANCISCO MÁRCIO MARIANO SEGUE COMETENDO ERROS GRAVES EM SUA GESTÃO

Foto divulgação

Na última semana, o Prefeito de Muquém do São Francisco, Márcio Mariano em entrevista a uma rádio de Ibotirama, ressaltou muito a palavra HONESTIDADE. Foram frases de efeito moral e que, por um "triz", quase o prefeito convence os munícipes de Ibotirama com seu discurso, até porque, a entrevista foi para o município de Ibotirama, uma vez que a rádio não tem alcance até Muquém.

Por um momento, ficou bastante confusa sua fala, em que afirma: "Pobre. Nós viemos de uma família pobre. Vamos morrer pobre. Que gente é honesto e no mundo, na vida, quem NÃO é honesto, morre pobre e nós vamos morrer pobre, mas com muito orgulho e cabeça erguida", falou bastante nervoso o prefeito de Muquém.

Enfatizou tanto ser pobre, que ainda disse: "As vezes até esqueço que sou prefeito".

Nota-se o quando Márcio Mariano tem se "esquecido" do cargo que ocupa, visto que é alvo de várias denúncias de improbidade administrativa e ações populares no Ministério Público Federal.

Na quarta-feira, 1, foi veiculado neste blog, a denúncia de um contrato feito por Márcio Mariano em que alugava um espaço de Ibotirama para atender as necessidades da Secretaria de Educação onde na verdade funcionava um comércio. Ora, no outro dia, no Diário Oficial foi emitida a errata tentando consertar algo que ele tratou como um erro de digitação. Veja o antes e o depois da errata, onde ele manda modificar tanto o objeto, quanto o endereço, além de acrescentar a palavra GLOBAL no valor. O que modifica muita coisa. 
Extrato retirado no Diário Oficial e divulgado na matéria. Note que não havia a palavra GLOBAL a frente do valor

Já na errata, foi modificado o objeto do contrato, o endereço da locação e acrescentaram a palavra GLOBAL
 Enfim, uma vez esclarecida a situação, pode-se até imaginar que se trata de um simples erro de digitação de fato. Salvo não fosse, por vários outros "erros" dessa mesma natureza ou até piores.

Entenda o caso:

Orley do Carmo Pereira é funcionário efetivo da prefeitura de Muquém do São Francisco no cargo de Assistente Administrativo. O fato é que este ano, Márcio deu conta de que ele merecia algo melhor. Até aí, tudo dentro dos conformes.

Se encontra aqui...

Neste aqui...

E como não poderia ser diferente, aqui também

Situação normal? Sim. Neste último, Orley constitui a comissão de LICITAÇÃO E CONTRATOS da Prefeitura Municipal de Muquém do São Francisco.

O fato é que Orley se usa do prestígio que goza neste cargo de confiança e sua mãe, Dona Maria do Carmo Pereira foi beneficiada com um contrato de aluguel de seu imóvel. Veja no extrato divulgado no Diário Oficial abaixo:

Note que mais uma vez não há a palavra GLOBAL, o que nos leva a entender que o valor especificado é mensal

Sendo assim, Márcio Mariano deve ter errado na digitação também quando permitiu que R$52.800,00 sejam usados para pagar a locação de um apartamento no 2º andar do prédio para atender as necessidades da Secretaria de Saúde de Muquém do São Francisco - longe mais de 60km da sede do município e sem atender aos critérios e objetivos a alcançar. Pode ser que o prefeito, assim como fez com o caso acima da secretaria de educação, justifique com outra errata e nesta especifique que seja uma casa de apoio aos doentes. Será que o local realmente é apropriado para doentes ou algo nesse sentido?

A parte superior do prédio contratada para secretaria de saúde de Muquém é da mãe de um dos membros da Comissão Permanente de Licitação e Contratos, Orley do Carmo Pereira

Os munícipes estão ansiosos por mais uma entrevista "esclarecedora" do senhor prefeito Márcio Mariano para o locutor Nilton Bastos, que também tem vínculo de contratação com o município, uma vez que recebe para fazer as apresentações das festividades de Muquém do São Francisco.

É válido ressaltar que o Ministério Público e o TCM ficam de olho no número de erratas e que tipo de erro foi consertado. Caso denúncias dessa gravidade batam na porta do M.P,  este, primando pela transparência e prezando pelo correto como sempre fez, não recuará em acatar a denúncia. É o mínimo que a população espera de um órgão tão competente e sério como o Ministério Público. Sendo assim, o prefeito que até "esquece que é prefeito", deve se atentar mais para evitar esse tipo de prática em sua gestão. Isso pode arranhar de forma considerável o discurso de honestidade que prega. 

www.fernandopop.com/ Fotos e texto: Fernando Pop

Reações:

0 comentários: