REFORMA ADMINISTRATIVA DIMINUIRÁ CUSTOS NA GESTÃO PÚBLICA DE BARREIRAS


Com ampla aceitação junto ao legislativo, foi aprovada na noite de terça-feira, 21, a reforma administrativa da administração pública de Barreiras. De acordo com os itens apontados no projeto de lei, a reestruturação deve equilibrar as contas do município com a diminuição do número de postos de contratação.

“Em 2016, a folha de pagamento contemplava 5.764 servidores entre efetivos, nomeações e contratações. Com a reforma, serão 2.369 servidores a menos o que reduz em muito o impacto nos recursos municipais com pagamento de folha salarial”, esclareceu Túlio Viana procurador geral da Prefeitura de Barreiras.

Para retomar a eficiência dos serviços prestados à comunidade em todas as áreas, a Prefeitura de Barreiras iniciou em janeiro o recadastramento dos servidores concursados e o processo seletivo simplificado para contratação de cerca de 639 funcionários.

“O que encontramos foi uma folha sobrecarregada com distribuição de cargos sem grande efetividade para a Prefeitura. A partir daqui trabalhamos, respeitando o momento de crise econômica pelo qual passamos, e fazendo as contratações essenciais para o funcionamento do serviço público com respeito à disponibilidade orçamentária”, disse Zito Barbosa prefeito de Barreiras.

A reforma administrativa traz ainda a readequação das secretarias, organizadas pelos eixos de trabalho: gestão e finanças, gestão social e cidadania, gestão da cidade e gestão para o desenvolvimento econômico e sustentável.

Confira a nomenclatura oficial das secretarias municipais:

Secretaria Municipal de Administração e Planejamento

Secretaria Municipal da Fazenda

Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer

Secretaria Municipal de Saúde

Secretaria Municipal de Segurança Cidadã e Trânsito

Secretaria Municipal de Agricultura, Tecnologia, Indústria e Comércio

Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Turismo

Secretaria Municipal de Assistência Social e Trabalho

Secretaria Municipal de Infraestrutura, Obras, Serviços Públicos e Transporte 




www.fernandopop.com - Fonte - DIRCOM
Reações:

0 comentários: