PREFEITURA DE LEM RECEBE DONATIVOS DE BOMBEIROS CIVIS DE BARREIRAS PARA VÍTIMAS DE ENCHENTE



A Secretaria de Trabalho e Assistência Social recebeu na manhã desta segunda, 13, a doação de diversos alimentos não perecíveis, arrecadados pela Associação de Bombeiros Civis de Barreiras, em prol das vítimas da última enchente que deixou centenas de famílias desabrigadas em Luís Eduardo Magalhães.

A Secretária de Trabalho e Assistência Social, Rose Sanderson, recebeu a diretoria da Associação: Flávia Luciano, Diretora Administrativa; Nelice Ferreira, Diretora de Marketing e Audelito Rodrigues, Vice-Presidente, que vieram pessoalmente fazer a entrega dos alimentos e empenhar mais uma vez, sua solidariedade.



A CAMPANHA - Para arrecadar os alimentos, a Associação de Bombeiros Civis de Barreiras realizou três “Aulões de Oratória”, nos municípios de Luís Eduardo Magalhães, Barreiras e Baianópolis. A inscrição do curso foi efetuada com um quilo de alimento não perecível.

SITUAÇÃO DOS DESABRIGADOS - Desde o dia 10 de fevereiro, quando o primeiro grande volume de chuvas atingiu o município de Luís Eduardo Magalhães, fazendo transbordar o Rio dos Cachorros e causando grandes inundações, a Secretaria de Trabalho e Assistência Social, tem envidado esforços no sentido de garantir o restabelecimento do conforto às centenas de famílias desabrigadas.



Diante da calamidade, a Secretaria colocou em prática um plano de ação para organizar os trabalhos necessários frente à situação emergencial do município: acionou os órgãos setoriais da prefeitura; compôs equipes para acolhimento, avaliações e intervenções necessárias; implantou ponto de apoio, recebimento e distribuição de donativos na Escola Vânia Aparecida; removeu a população das áreas afetadas, de alto risco e risco iminente; efetuou visitas técnicas com engenheiros para avaliação de danos; organizou atendimentos em saúde e alimentação para os desabrigados; distribuiu colchões, cobertores, alimentos, roupas e produtos de limpeza e higiene pessoal para os mesmos; providenciou moradia e auxílios moradia para aqueles que perderam suas casas.



A extensão do problema fez com que o Prefeito Oziel Oliveira decretasse Estado de Emergência, prontamente acolhido pelos governos estadual e federal. Os esforços continuam sendo empregados para que tudo volte ao normal no município. Ainda serão disponibilizados cerca de 100 auxílios moradia e liberados reparos estruturais para residências danificadas, de acordo com os laudos emitidos pelos engenheiros responsáveis pelo levantamento.
Fonte:ASCOM, Prefeitura de LEM
Reações:

0 comentários: