SUSPEITO DE ESTRANGULAR E MATAR MULHER NO POVOADO DE ANGICO JÁ ESTÁ PRESO EM BARREIRAS


O corpo de Lucidalva Rosa de Souza, de 36 anos, foi encontrado na manhã desta segunda-feira (27), por volta das 9h 40, apresentando sinais de estrangulamento. Estava em um matagal no povoado de Angico, zona rural de São Desidério/BA.

De acordo com informações colhidas no local, Lucidalva foi vista ao final de uma festa no povoado de Acaba Vida, próximo a localidade de Angico, aproximadamente às 5h 00 da madrugada, em companhia de Manoel Messias Lima dos Reis, 39 anos, que teria prometido levá-la para a casa dela e supostamente a assassinou depois de tentar estupra-la. Uma sapatilha e um cinto encontrados perto do corpo indicam que a vítima ainda tentou se defender das agressões.

Familiares e amigos notaram a ausência da vítima e saíram à procura no percurso entre sua residência e o local da festa, onde a encontraram sem sinais de vida em um matagal a uns 15 ou 20 metros da estrada.

Uma guarnição da Polícia Militar de São Desidério esteve presente e registrou o homicídio e acionou o Departamento de Polícia Técnica para adotar as providências de praxe. A Polícia Civil do município investiga o crime.

Familiares informaram que Lucidalva era separada do marido há bastante tempo e deixa dois filhos menores de idade.

PRISÃO DE MANOEL

Após denúncia de populares, o suspeito foi preso na tarde de hoje (27), por volta das 17h15, por uma guarnição da 85ª CIPM, em frente ao Hospital da cidade. Posteriormente os policiais o conduziram para a Delegacia de Barreiras para as providências cabíveis.





Reações:

0 comentários: