POLÍCIA CIVIL TEM ÚLTIMA NOMEAÇÃO DE DELEGADOS E ESCRIVÃES DO CONCURSO DE 2013

A edição desta sexta-feira (7) do Diário Oficial do Estado publica a nomeação de 15 delegados e 14 escrivães de Polícia. Esta é a quarta nomeação para o concurso da Polícia Civil, relativo ao primeiro certame efetivado no governo Rui Costa, somando 652 novos servidores – 52 a mais em relação as 600 vagas previstas para o concurso – distribuídos entre os cargos de delegado, escrivão e investigador. No total, foram convocados 742 candidatos habilitados nos meses de maio e novembro de 2016 e fevereiro e março de 2017.
Lançado em 2013, o concurso enfrentou dificuldades em convocar os aprovados, em função de o Estado ter atingido o limite prudencial de gastos com pessoal e ficar impedido de chamar novos servidores. A solução foi proceder consultas junto ao Tribunal de Contas do Estado (TCE), observando as vagas decorrentes de aposentadorias, mortes, exonerações e demissões, uma vez que a própria Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) não fixa prazo para levantamento das vacâncias.
As nomeações desta sexta-feira foram feitas após parecer favorável do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e da Procuradoria Geral do Estado (PGE). As vagas são resultado de levantamento de quadros da Polícia Civil, feito pela Diretoria de Recursos Humanos da Secretaria da Administração.
Esta é a última nomeação para este concurso da Polícia Civil, uma vez que o prazo de validade expira em 14 de abril. No espaço de um ano, foram nomeados 138 delegados, 78 escrivães e 436 investigadores.
Fonte: Secom
Reações:

0 comentários: