AÉCIO NEVES ENTRE CRISES DE CHORO E DOSES DE UISQUE


De acordo com a revista Veja, o senador afastado Aécio Neves desde que soube pela tela do celular das delação premiada feita contra ele, saiu do plenário do senado as pressas, não mais foi visto em público, trancou-se em sua casa e, em estado depressivo, alternas crises de choro e goles de wisky. O que mais dói nele, segundo a matéria, é a prisão de sua irmã, a quem Aécio considera como quase uma mãe. O senador agradece a Deus por sua mulher e seus dois filhos gêmeos não estarem em casa na hora da batida da Polícia Federal. Eles estavam viajando para o Rio Grande do Sul e não passaram pelo constrangimento de ter a PF vasculhando a casa.
Reações:

0 comentários: