O MUNICÍPIO DE MUQUÉM DO SÃO FRANCISCO TAMBÉM ESTÁ SENDO INVESTIGADO?

Prefeito de Muquém do São Francisco
O domingo não amanheceu dos melhores para alguns prefeitos que cometem o crime de nepotismo, visto que ontem foi veiculado em alguns meios de comunicação que 31 prefeitos de municípios baianos são investigados pelo Ministério Público Estadual – MP/BA por nepotismo na atual gestão.
Houve até prefeito que cancelou alguns compromissos deste domingo regado a muita fartura, longe do município ao qual é gestor, pois este sequer reside na cidade que administra. O fato é que a notícia caiu como uma bomba para quem foi denunciado pelo motivo mencionado.
Márcio Mariano nomeou seus próprios irmãos como Secretários da Gestão Bancária e Tesouraria do Município e Chefe do Gabinete Institucional. Em fevereiro deste ano o caso foi denunciado no Ministério Público e hoje mais de 30 prefeitos estão sendo investigados, 3 desses já foram levados à Justiça pelo MP por não acatarem as recomendações. Morro do Chapéu, Itabuna e Biritinga tiveram os prefeitos acionados pela Justiça. Em Morro do Chapéu, cinco parentes tiveram que ser exonerados por ordem judicial, entre eles, a mãe e uma prima. Em Cafarnaum a prefeita atendeu a orientação do MP e exonerou 13 pessoas e em Brumado foram 12.


De acordo com a denúncia apresentada contra Márcio Mariano, não é de hoje que percebe-se a intenção dissimulada do prefeito de Muquém do São Francisco em favorecer seus parentes. Não se trata somente de nomeações de parentes, mas também o favorecimento que o prefeito exerce quando contrata serviços de comércios dos parentes até em outros municípios. Um dos casos citados é o comércio de um primo do prefeito que fica em Ibotirama e fornece para Muquém do São Francisco.


A população agradece e renova as esperanças cada vez que a justiça é feita e exerce seu papel. 
www.fernandopop.com - Fonte: Tv Web
Reações:

0 comentários: