TEMER DEVE RECEBER ALTA MÉDICA AINDA NESTA QUARTA-FEIRA

presidente Michel Temer estava no gabinete, com os militares que fazem sua assessoria pessoal, quando começou a sentir dores abdominais. Segundo a assessoria do presidente, Temer já estava com dificuldades para urinar e foi caminhando até o serviço médico do Palácio do Planalto para averiguar o problema. Examinado pelo médico de plantão, o presidente foi aconselhado a fazer exames mais aprofundados para comprovar um possível quadro deobstrução na uretra.
A respeito da condição de saúde de Temer, o palácio divulgou nota na qual confirma o quadro de “obstrução urológica”: “O presidente teve um desconforto no fim da manhã de hoje e foi consultado no próprio departamento médico do Palácio do Planalto. O médico de plantão constatou uma obstrução urológica e recomendou que fosse avaliado no Hospital do Exército, onde se encontra para realização de exame e devido tratamento”.

O presidente Michel Temer passou mal nesta quarta-feira e foi levado a um hospital militar de Brasília. No Congresso Nacional, onde o plenário da Câmara dos Deputados deverá votar se autoriza ou não o envio da denúncia contra Temer ao Supremo Tribunal Federal (STF), parlamentares governistas tentam obter mais informações.
Há pouco, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), encerrou a sessão e disse que fará alguns telefonemas para se informar sobre o assunto. O líder do governo na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), disse há pouco que o presidente foi ao hospital apenas “fazer um exame de rotina” e que, ainda nesta tarde, voltará ao Palácio do Planalto.
Reações:

0 comentários: