COTEGIPE: VEREADORES PRECISAM DAR AUTORIZAÇÃO PARA QUE POLICLÍNICA ATENDA AO POVO DO MUNICÍPIO

Causou espanto a notícia de que os vereadores de Cotegipe não deram autorização para que a prefeita Márcia Sá Telles incluísse o Município no consórcio que será atendido pela Policlina Regional do Oeste. “Foi perseguição política. Os vereadores parece que não querem que a prefeita ofereça saúde de qualidade aos moradores de Cotegipe” disse um internauta que pediu para não ser identificado. A Policlínica Regional é um hospital que será construído pelo governo da Bahia na cidade-polo que é Barreiras e terá a finalidade de atender aos municípios da região e desafogar o Hospital do Oeste. A previsão de funcionamento é para  daqui a dois anos. A policlínica  fará, praticamente, todos os tipos de exames além de cirurgias. O custo para Cotegipe é de 1 real por pessoa atendida. Hoje, sem a Policlínica, Cotegipe gasta cerca de 25 mil reais só com cirurgias.
Na cidade não se fala em outro assunto. Os moradores ao tomarem conhecimento do fato e ao saberem da importância que a Policlínica terá para a saúde da população não pouparam críticas a atitude dos vereadores. Ninguém até agora conseguiu entender como a Câmara Municipal que tem o papel de contribuir com o desenvolvimento do município, fez justamente o contrário: votou contra um beneficio para à população cotegipana que tanto necessita de atendimento médico. Os vereadores não podem alegar que não sabiam do que se tratava. Foram feitas  reuniões em que os técnicos da UMOB  explicaram, detalhadamente, o funcionamento da Policlínica
Vale ressaltar que a implantação da Policlínica Regional do Oeste é uma luta antiga da UMOB, União dos Municípios do Oeste da Bahia, não tem qualquer ligação com questões políticas-partidárias, uma vez que visa apenas atender e promover melhorias no setor de saúde aos moradores das cidades do Oeste Baiano.
De qualquer sorte ainda é tempo dos vereadores refletiram sobre a posição que tomaram e corrigir o erro dando a autorização para que Cotegipe não fique sem um equipamento tão importante para a saúde da população. Seria uma atitude nobre dos parlamentares. O povo de Cotegipe agradeceria.
Reações:

0 comentários: