BARREIRAS: POLÍCIA PRENDE NO KM 30, TERCEIRO ACUSADO DA MORTE DO TAXISTA SENINHA

O Mural do Oeste recebeu a informação de que a Polícia Civil de Barreiras prendeu agora pela manhã, no povoado do KM 30, Lucas Souza de Jesus, 20 anos, o último acusado de ter participado do assassinato do taxista José Airton da Silva, mais conhecido por Seninha. Com isso todos os criminosos que mataram o taxista estão presos e vão responder pela prática de latrocínio, (roubo seguido de morte). No sábado, 13 de dezembro, já haviam sido presos Gleison Gomes Ferreira e Davi Salomão Almeida, ambos de 20 anos que confessaram a participação no crime.
O Caso
José Airton da Silva foi encontrado morto em um terreno na zona rural de Barreiras no dia 18 de dezembro de 2017. De acordo com motoristas que trabalhavam no mesmo ponto que ele, o condutor foi visto pela última vez em frente à Feira Livre de Barreiras, quando três homens pediram uma corrida, no dia 17.
Duas horas depois de sair do local, os colegas passaram a procurá-lo, pois ele não atendia as ligações. A polícia suspeita que Seninha tenha sido vítima de latrocínio.
O sepultamento da vítima ocorreu no dia 19 de dezembro, na cidade de Angical, a cerca de 53km de Barreiras.
Antes do enterro, ainda na cidade de Barreiras, um protesto reuniu cerca de 80 taxistas e percorreu as ruas da cidade. Os motoristas fizeram uma carreata para pedir mais segurança e solução para o assassinato.
Reações:

0 comentários: