POLÍCIA CIVIL DE LUÍS EDUARDO MAGALHÃES COLOCA MAIS UM AUTOR DE HOMICÍDIO ATRÁS DAS GRADES

O Setor de Investigações da Polícia Civil de Luís Eduardo Magalhães, Divisão de Homicídios, sob coordenação do Delegado de Polícia Dr. Joaquim Rodrigues de Oliveira, cumpriu o mandado de prisão temporária expedido pelo Juiz de Direito da Vara Criminal desta Comarca, Dr. Claudemir da Silva Pereira, em desfavor de João Batista de Jesus Filho, autor do homicídio doloso consumado praticado contra sua então companheira Rosenira Fernandes Sarzeda, fato este ocorrido no último dia 04/02/2018, na Rua Irecê, Bairro Santa Cruz, neste município de Luís Eduardo Magalhães.
O crime praticado por João Batista foi o primeiro Feminícídio registrado em Luís Eduardo Magalhães/BA neste ano de 2018. Após o cumprimento do mandado de prisão temporária, o autor João Batista de Jesus Filho foi qualificado e interrogado na Delegacia de Polícia, oportunidade na qual confessou que após descobrir suposto relacionamento extraconjugal de sua companheira Rosenira, discutiu com ela e acabou desferindo um único golpe próximo ao pescoço da vítima, saindo do local andando normalmente, mesmo ouvindo sua companheira Rosenira implorando por socorro.
O que chamou a atenção da Polícia Civil foi a frieza com que João Batista contou que após ferir sua companheira Rosenira com um golpe de faca próximo ao pescoço, saiu andando normalmente pela Rua Lapão, bairro Santa Cruz, sendo que a vítima agarrou seu braço pedindo por socorro, mas não foi atendido. Assim, por ter perdido bastante sangue em razão do grave ferimento, Rosenira acabou desistindo, sentando-se ao chão, não resistindo aos ferimentos.
Por fim, cumpre informar que a prisão temporária de João Batista de Jesus Filho foi deferida pelo período inicial de 30 (trinta) dias, no entanto, a representação pela conversão em prisão preventiva será protocolada nos próximos dias.

www.fernandopop.com - Fonte - Blog Braga
Reações:

0 comentários: