HOMEM É PRESO SUSPEITO DE MATAR JOVEM, ESCONDER CORPO EM CISTERNA E ACOMPANHAR RESGATE EM BAIANÓPOLIS


Um homem foi preso após matar o jovem Gilberto Souza da Conceição, de 19 anos, na zona rural da cidade de Baianopólis, na região oeste da Bahia, esconder o corpo dele em uma cisterna e ainda acompanhar o resgate do corpo pelos bombeiros. 

A prisão de Edimilson Firmino de Souza ocorreu na sexta-feira (16), nove meses após o crime, que ocorreu em junho do ano passado, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva. 

Segundo investigação da Polícia Civil, ele cometeu o crime porque desconfiava de um suposto relacionamento entre a vítima e a enteada, que tinha 12 anos à época, e tinha ciúmes.
Quando a polícia começou a investigar a morte, ouviu a menina, que contou que foi estuprada pelo homem, após ele aproveitar uma saída da mãe da garota. A vítima contou que tinha medo de denunciar o estupro e só contou depois da morte do jovem, com o qual tinha apenas amizade. 

A menina ainda contou à polícia que o padrasto costumava ter ciúmes dela e impedia ela de namorar. "Ele impedia ela de sair, de namorar e disse a ela que não deveria mais conversar com Gilberto", afirma o delegado Antístenes Benvindo. 

Gilberto Souza da Conceição foi morto a tiros e teve os braços decepados, antes de ter o corpo jogado na cisterna. O jovem ficou desaparecido por dias e o corpo dele só foi localizado e resgatado pelos bombeiros depois que um forte odor foi registrado na cisterna.
Edimilson acompanhou o resgate do corpo sem demonstrar comoção, segundo a polícia. 

Preso por homicídio e estupro de vulnerável, Edimilson Firmino de Souza está detido na delegacia de Baianopólis, onde deve prestar depoimento nesta segunda-feira (19). Ele deve ser encaminhado para o presídio de Barreiras.
Reações:

0 comentários: