HOMEM MORTO NO LEM USAVA SOBRENOME FALSO E TINHA DIVERSAS PASSAGENS PELA POLÍCIA


Em entrevista a um blog e rádio local, o delegado Joaquim Rodrigues contou que o homem morto a tiros hoje na cidade   usava sobrenome diferente no registro. O mesmo tem passagem pela polícia de Xique-Xique acusado de homicídio, além de outras passagens pela polícia de outros estados.

"Estamos analisando e buscando todas as informações para identificar o verdadeiro nome do rapaz, contou o delegado.

O mesmo tinha 36 anos, e era natural de Xique-Xique. A polícia suspeita que sua morte esteja ligada ao tráfico de drogas, mas também não descarta que o crime tenha sido por vingança, já que ele era acusado de cometer um homicídio em sua cidade natal.






www.fernandopop.com - Fonte - Blog do Sigi Vilares
Reações:

0 comentários: