DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA É CELEBRADO COM SESSÃO ESPECIAL NA CÂMARA DE SÃO DESIDÉRIO



O Plenário da Câmara de São Desidério abdicou-se da pauta ordinária desta quarta-feira, 21, para realizar uma Sessão Especial pelo Dia da Consciência Negra, celebrado no Brasil em 20 de novembro. Enriqueceram o evento populares on-line, jovens da Igreja Adventista do Sétimo Dia, representantes de ações sociais do município, membros do Conselho Municipal de Cultura e imprensa local.

Maria Carolina

Discorreram sobre o assunto, a coordenadora do CREAS de São Desidério, Maria Corolina de Jesus dos Santos e o mestre de capoeira, Leidson Guimarães. “Para nós negros, este mês é símbolo de resistência. Em pleno século 21, dizemos ao outro que ele deve respeitar o próximo, que o preconceito é algo desumano, isto é ridículo. E quando temos oportunidade de falarmos diante de determinado público, desejamos que todos entendam que não nos pautamos em paixões e achismos, mas sim em fala empírica, de muita dedicação à pesquisa e estudo de dados da realidade do povo afro-brasileiro. Parafraseando a grande escritora e uma das referências para minhas pesquisas, Nilma Lino Gomes: “Quanto mais se nega a existência do racismo, mais ele se propaga”. Obrigada a todos”, afirmou Maria Carolina (Calú).

Leidson Guimarães

“Existe em cada um de nós o sangue negro. Muito louvável a atitude da Câmara de não deixar esta data passar despercebida. Agradeço a todos os vereadores e ao prefeito José Carlos pelo apoio no Projeto Capoeira Sangue Bom que realizamos em nosso município. Educação e esporte são o caminho para uma sociedade justa e igualitária”, disse o mestre de capoeira Leidson Guimarães (Nego).

Na oportunidade, todos os vereadores também enfatizaram a importância da luta contra o racismo, parabenizaram os convidados pelas explanações e grandes contribuições sociais.
O presidente Marusan Ferreira, por exemplo, declarou: “Ao celebrarmos esta data, estamos reconhecendo uma vida inteira de lutas contra portas fechadas e oportunidades totalmente desiguais”. 

Texto: ASCOM/CMSD 
Foto: Herbley Serqueira
Reações:

0 comentários: