VEREADOR NÃO CHECA E ACABA APRESENTANDO DENÚNCIA FALSA (FAKE NEWS) EM SESSÃO NA CÂMARA

O vereador Filipe Fernandes (DEM) usou a tribuna da câmara de vereadores nesta terça-feira, 11, para questionar o que ele chamou de “farra do combustível”.
Segundo o edil, um veículo Renault Clio de cor preta e placa policial CON-2018 do Rio de Janeiro que funciona a gasolina teria sido abastecido com 4.270 litros de óleo diesel, isso somente no mês de setembro deste ano, gastando o total de R$ 17.309,98 (dezessete mil trezentos e nove reais e noventa e oito centavos).
Segundo o democrata, este mesmo “veículo” foi abastecido com 19.608 litros de óleo diesel no mês de outubro, gastando o total de R$ 79.714,00 (setenta e nove mil setecentos e quatorze reais)
“Temos que acabar de uma vez por todas com as irregularidades deste governo”. Disse Filipe na tribuna.
O vereador também usou a sua página no Facebook para questionar a “Farra do Combustível”. Veja:
Nossa equipe de reportagem foi a campo para investigar a denúncia feita pelo vereador e conferir o que realmente aconteceu.
Houve farra ou não?
O vereador fez a denúncia baseado nas informações disponibilizadas pelo SIGA – Sistema Integrado de Gestão e Auditoria, onde realmente consta os valores apresentados pelo edil, veja imagem abaixo:
Porém, segundo informações, o vereador sequer entrou em contato com a prefeitura de Luís Eduardo Magalhães para questionar o valor, antes de fazer a denúncia. Um valor exorbitante assim, chama a atenção, não é mesmo?
O vereador entendeu o registro (CON-2018) como se fosse o registro de uma placa policial, mas na verdade não é.
Pelo que apuramos, o registro (CON-2018) trata-se de um convênio entre a prefeitura de Luís Eduardo Magalhães e ABAPA – Associação Baiana dos Produtores de Algodão para recuperação de estradas vicinais, com intuito de ajudar no escoamento da safra.
Neste convênio, a prefeitura se responsabiliza em fornecer 90 mil litros de óleo diesel.  
FAKE NEWS
Portanto é FAKE NEWS a denúncia feita pelo edil, já que não se trata de um veículo Renault Clio, como citado pelo vereador. Mas na verdade, segundo apuramos, o registro CON-2018 contempla 11 veículos, entre rolos compactadores, moto niveladoras e caminhões.
A prefeitura ainda não se manifestou sobre o assunto.




www.fernandopop.com - Fonte:Blog Douglas Batista
Reações:

0 comentários: