LEITORES LEVANTAM SUSPEITAS SOBRE CONCURSO PÚBLICO EM SÃO DESIDÉRIO


Recebemos na redação o texto de um leitor que especula sobre graves irregularidades no Concurso Público para o funcionalismo de São Desidério. Cabe à Polícia Civil, por manifesto do Ministério Público, a investigação do ocorrido. Veja o texto:
O concurso publico para a contratação de servidores, realizado pela prefeitura de São Desidério, no último dia 24, tem deixado muita gente de orelha em pé e olhos bem abertos. Diversas, e graves, irregularidades foram detectadas em todo o processo. Desde alterações no edital de convocação do concurso, sem que houvesse a renovação dos prazos como exigido pela lei, até o vazamento das folhas provas durante a realização do concurso.
Diversos candidatos relatam que durante a realização das provas, em muitos locais, não houve o recolhimento dos celulares dos candidatos. O que é facilmente comprovado pela foto da folha de resposta da prova.
E nem mesmo a identificação dos concorrentes, mediante os documentos obrigatórios para a comprovação dos mesmos.  Isso sem falar no excesso de candidatos por sala de prova e na falta de capacitação dos fiscais para desempenharem suas funções.
Também acontecerem erros crassos nas próprias provas: as questões apresentavam alternativas de respostas que iam da letra A até a E  (05 opções) e a folha de resposta das provas só tinham 04 possibilidades (A até a D), o que compromete, inegavelmente, o resultado final dos exames.
Outro ponto grave foi a ausência do nome do candidato impresso nas provas, isso aconteceu em diversos pontos de aplicação do concurso. Permitindo que facilmente se pudesse fazer a troca de exames.
Com tantas irregularidades diversos candidatos já recorreram à justiça e denunciaram o concurso ao Ministério Público.
O concurso foi realizado por uma empresa chamada CAETANNO, que diz que é sediada em Irecê, mas no site o único endereço que consta é Avenida México, 310 Jardins, e um telefone (77) 2103 8272 (que não é de Irecê). Curioso é que a empresa faz serviços de Engenharia, Engenharia Ambiental e Sanitária, Limpeza Pública, terceiriza mão de obra. Ou seja: faz de um tudo, como se diz por aqui!


www.fernandopop.com - Fonte: jornal o Expresso
Reações:

0 comentários: